Preconceito 6

Eu sou preconceituoso. E aposto que você já criou um preconceito só por ler isso. Mas peço que leia texto até o final, antes definir o que acha disso.
Acredito que o preconceito é um instinto. Toda nossa vida social é baseada nele, porque só de olhar alguém já imaginamos como esse alguém é, e pensamos se é um potencial amigo (ou inimigo). O nosso cérebro realmente funciona utilizando heurísticas.
Heurísticas não são nada mais do que métodos simples para raciocinar. Assim, podemos ter uma conclusão com muita rapidez, porém sem a certeza da precisão. O preconceito pode ser chamado de “Heurística de Representatividade”, que consiste em definir algo que é novo pra gente baseando-se naquilo que já conhecemos.
Quando vemos alguém pela primeira vez, observamos suas roupas, seus gestos, sua voz e sua cor de pele, entre outros fatores visíveis (ou audíveis). Daí lembramos de características da personalidade de pessoas que conhecemos que tenham as mesmas (ou parecidas) características físicas. E atribuímos essa personalidade à pessoa que acabamos de ver. A relação que pretendemos desenvolver com essa pessoa depende basicamente de como achamos que ela é.
E isso é o preconceito.
Por isso digo que sou preconceituoso. Todo mundo é, já faz parte da natureza humana. Não é errado criar preconceitos, é natural. O que é errado, e essa é a parte que quero que entendam, é tomar as decisões baseadas nos preconceitos.
Discriminação baseada em preconceito é algo que não admito. Não podemos tratar alguém de forma diferente só porque “achamos” que é necessário. Temos que conhecer as pessoas antes de definir como iremos tratá-las.
Eu mesmo acabo, às vezes, achando que sou vítima do preconceito. Só porque tenho uma certa facilidade de aprender, porque sou nerd, porque estudo na USP, etc. Me tratam como se fosse um gênio. Só porque sou funcionário público, acham que não trabalho ou que sou rico. E eu não gosto disso, por isso não faço isso.
Espero que tenham me entendido.
P.S. Este post é um possível começo de uma possível série do que eu penso do comportamento humano em geral.
P.P.S. A única coisa que pesquisei foi pra ver se estava escrevendo certo a palavra “heurística”. E eu estava.

6 thoughts on “Preconceito

  1. Reply mariane fev 22,2009 23:33

    hahaha, interessante comparar preconceito com heurísticas. Mas como tu bem disse, heuristicas não são 100% confiáveis : )

    Eu achei meio estranho você dizer que sofre preconceito por ter certa facilidade de aprender.

    Mas ok, se tu diz que isso existe …

  2. Reply Barbarella fev 23,2009 9:10

    Caramba nerd, ops… george eu não sabia que vc é um rico…ops..um funcionário público… agora pronto, só foi vc falar isso e já estou pensando em pedir um dinheiro emprestado..hahahaha

  3. Reply Dalleck fev 23,2009 21:25

    Investe nessa série, tem potencial!

    O segundo PS é um arquivo de PowerPoint? (nerd power)

    A partir de agora, tenho heurística de representatividade dos homossexuais =)

    caramba, até nos comentários tô com mania de escrever que nem Twitter.

  4. Reply Roger fev 24,2009 13:13

    Xoxo táki
    entendido,
    nosso preconceito nada mais eh q a seleção natural q fazemos, assim como selecionamos o q vamos comer, eh uma certa forma de preconceito com os outros alimentos q tem um gosto q pensamos ter sem ao menos prova-lo,

  5. Reply Anonymous out 8,2009 18:31

    Eu acho que temos que tratar todos igual afinal todo mundo é gente do mesmo jeito…
    Preconceito é burrice…

  6. Reply Marina dez 3,2010 0:18

    Isso eu chamo de pré-conceito. Eu sei que não tem hífen, mas é para diferenciar do que eu chamo de prenconceito. Porque o conceito antes de conhecer uma pessoa é algo natural da parte da nossa mente que cuida dos relacionamentos. O preconceito que eu chamo é a discriminação. Sei que não é a mesma coisa, mas a palavra discriminação também não atende a todos os aspectos que o preconceito pede. Sei lá, só um conflito de conceitos. hehe.

Deixe uma resposta