Sobre contar histórias

Em um dos primeiros posts nesse blog eu contei que estava escrevendo um livro. E prometi a mim mesmo que o terminaria, tal como me dei o prazo de conclusão para novembro do próximo ano – como já havia comentado. Naquela época acreditava que isso seria tempo até demais para concluir, mas agora tive milhões de outras ideias sobre o universo que inventei que me pergunto se o tempo será suficiente.

Pretendo me dedicar muito a este projeto e até agora tudo ocorreu bem (apesar de alguns lapsos). Porém, aplicar todo meu esforço criativo em uma única história me parece bastante cansativo. Por mais que alguns pontos de criação sejam muito mais técnicos do que criativos (como, por exemplo, idiomas e certos aspectos culturais do mundo inventado), ainda assim tal elaboração se torna enfadonha com o passar do tempo.

Por esse motivo, pretendo voltar a separar parte do meu tempo para o desenvolvimento de contos – histórias com bem menos carga do que um romance. Há algum tempo eu pensei em escrever um conto por semana, porém nem o primeiro saiu – o que me fez deixar essa ideia de lado. Agora, contudo, pretendo manter esse ritmo, mesmo que acabe pulando uma semana ou outra se houver algum impedimento.

Outro detalhe é que, a partir de uma ideia que o Dalleck me deu, escreverei contos que se passam dentro de tal universo, com a possível participação de personagens que estarão presentes no livro (como se fossem fillers). Essas pequenos excertos desse mundo vão me ajudar a espalhar um pouco das questões culturais e históricas que seriam interessantes de saber mesmo antes de começar a leitura do livro em si (muito embora tais contos não sejam de leitura obrigatória para o entendimento da história principal).

Enfim, escrevo isso pra tirar as teias de aranha desse blog e anunciar que nas próximas semanas devem surgir novos conteúdos. Aliás, acho que já tenho uma ideia para um primeiro conto filler que devo escrever até semana que vem. Penso em escrever mais algumas poesias também, então acho que não vou deixar isso aqui empoeirar de novo tão cedo.

Deixe uma resposta