"Azeleissão" [as eleições] 1

Hoje foi dia de votar.
O dia da decisão de quem governará o município nos próximos 4 anos.
O dia da demagogia.
Dia, também, de encher as ruas de panfletos, buscando os últimos indecisos. Dia de descumprir a lei. Dia da sujeira.
E o Kassab, que fez a lei da cidade limpa, não sei onde está agora. E amanhã, depois do fim disso tudo, tudo volta ao normal, talvez até pior.
E todas as obras param. Mesmo se o atual prefeito for eleito. “Melhor economizar as obras pro próximo ano eleitoral”.
Assim a coisa funciona. Daqui a dois anos é a vez dos estados e do país. Tudo é sempre igual. E muita gente sabe disso, mas parece não fazer diferença.
E continuam votando nos mesmos. Achando que os outros não tem chance. É o ciclo infinito: Continuam pensando assim porque todos pensam assim. It never ends.
Quero pensar que daqui a 4 anos, se este blog ainda existir, postar alguma coisa sobre a mudança. Esperança é a última que morre. E continuo votando em quem não tem chance. Mas mesmo assim ele continua não tendo chance.

One comment on “"Azeleissão" [as eleições]

  1. Reply Dalleck out 28,2008 22:13

    “É o ciclo infinito: Continuam pensando assim porque todos pensam assim. It never ends.”

    Também penso assim. O ser humano está podre.

Deixe uma resposta