Relações Sociais 2

Todos que me conhecem devem saber que eu sou um pouco [eufemismo mode:on] anti-social. Sou aquele cara que passa na rua e nem olha, mas essa é a parte do distraído mesmo. Bem ao contrário do brasileiro comum, que costuma ser bastante cordial.
Acontece que há uns seis meses, quando entrei no meu emprego novo, o ritmo de trabalho mudou bastante e comecei a passar por um monte de funcionários desconhecidos, que só encontro de vez em quando. Resumindo, ganhei um monte de “amigos de interjeição”. Sabe aqueles caras para os quais você só fala coisas do tipo: “oi”, “opa”, “e ai”, “beleza”, “tudo bem?”, “bom dia”, etc. (“bom dia” não é interjeição, mas chega perto), então, desses aí arrumei vários.
Daí, sempre tem aquele cara anti-social, que não é tem o hábito de cumprimentar. Mas esses pelo menos respondem. E, com o tempo, vão se acostumando que você é um amigo de interjeição e começam a iniciar o papo monossilábico.
E eu, que nunca cumprimentava ninguém, comecei a mandar aquele “bom dia” pra todo mundo, porque a maioria parece ter esse costume. E aqueles mais anti-sociais passaram a falar comigo por boa vontade e não pela obrigação de responder com educação.
Agora tenho mais amigos de interjeição que amigos no Orkut. E com esses eu falo mais do que com os do Orkut.

2 thoughts on “Relações Sociais

  1. Reply Dalleck nov 12,2008 19:31

    hauehuaehuahea, mais amigos que no Orkut é difícil hein xD

    eu tenho medo de falar com o dono deste blog ao telefone o.O
    mas ele é gente fina =D

  2. Reply George Marques nov 12,2008 22:35

    Bem que minha mãe disse que eu estou precisando ganhar uns quilinhos

Deixe uma resposta