E tudo volta ao normal (ou não) 1

Eu tive férias no trabalho que, feliz e oportunamente, coincidiram com as escolares. Ao contrário do que muita gente faria, não fui viajar. Muito pelo contrário, fiquei em casa o dia todo no computador, assistindo TV, tocando guitarra e dormindo (bastante).

Parece muito tedioso, mas minha vida nunca foi muito emocionante (aliás, acho que este blog não pode ser de cotidiano, porque neste caso estaria beeem vazio).

Isso foi absolutamente ótimo pra minha cabeça. Com tempo livre infinito e cansaço zero, consegui voltar a pensar. Isso mesmo, eu não estava mais pensando.

Foi por preguiça mesmo. Meu trabalho não exige esforço mental. E, quando tento me concentrar pra fazer alguma coisa (pessoal), surge alguma atividade que me impede. Com isso, durante pouco mais de um ano, fui, aos poucos, parando de pensar. Isso me atrapalhou bastante nos estudos.

Agora que tive muitos dias para pensar, muitas ideias novas surgiram na minha mente, em detrimento das antigas que já se perderam.

Como nerd viciado em computador que sou, estudei muito sobre programação (e continuo estudando) e agora tenho vontade de fazê-lo. As aulas começam amanhã (ou hoje, não sei direito) e eu espero que esse ânimo permaneça e que eu pegue menos DPs do que nos semestres anteriores (ainda considero a hipótese de não reprovar em nada, mas acho difícil).

Essa preguiça de pensar foi o principal motivo do blog ter parado por uns tempos. Mas agora, se as ideias (e inspirações) não me faltarem o Vnen irá durar por um bom tempo.

Mais uma explicação chata e sem sentido: eu achei que precisava postar, mas não sabia o quê, abri o editor e comecei a escrever. Saiu isso ai, vou postar assim mesmo e no próximo acho que vou apelar pra ficção.

One comment on “E tudo volta ao normal (ou não)

  1. Reply Dalleck ago 11,2009 1:15

    Você conhece minha mania de apenas sentar e observar as pessoas. É estranho e monótono, mas é terapêutico pra mim.

    Minha vida social é sozinho, as pessoas e viagens são exceções, rs

Deixe uma resposta