Dúvida

Ele olhou para ela. Pareceu que ela olhou de volta, parecia um olhar interessado. Ele se encabulou e voltou a ler seu livro. Leu uma frase; em seguida, leu a mesma frase novamente. Não conseguia se concentrar.

Criando mundos 6

Criando mundos
Enquanto crianças, é normal imaginarmos a existência de um mundo diferente. Um lugar onde super-heróis e vilões existam, onde montemos em unicórnios e fadas e bruxas disputem seus poderes. Um lugar onde é possível voar e a única lei é se divertir. O mais natural é que compartilhemos nosso mundo de mentirinha com nossos amigos. ...

A Festa das Luas – Parte 1

Finalmente, pensou. Depois de quase um ano esperando, finalmente poderei reencontrá-la. Ele mal conseguira dormir na noite anterior, esperando o momento chegar. A Madjekimim Kiprah voltava a acontecer e esta era a primeira oportunidade que ele teria de rever Carolina desde a edição do ano passado – eles conversaram apenas por telefone e internet desde ...

Eu não sei criar histórias

Esse título parece ser estranho para alguém que, como eu, escreve contos. Mas recentemente notei que essa é uma verdade interessante. A partir do momento em que me dediquei mais a criação de histórias, pude perceber como elas passam de uma folha em branco para uma obra completa, com começo, meio e fim. Estudando meus ...

Sobre contar histórias

Em um dos primeiros posts nesse blog eu contei que estava escrevendo um livro. E prometi a mim mesmo que o terminaria, tal como me dei o prazo de conclusão para novembro do próximo ano – como já havia comentado. Naquela época acreditava que isso seria tempo até demais para concluir, mas agora tive milhões ...

Epigrama

Pronto. Acabou a dor. Pensei que meus pulmões fossem explodir. Talvez tenham explodido mesmo e eu nem percebi. Mas agora não faria mais diferença, já que não vou mais usá-los. Agora todas as dores fazem parte do passado.

Jéssica – Parte Final

— Não gosto. Mas andava bebendo todos os dias – fiquei sem graça ao dizer isso – pois me fazia lembrar você. Ela me convidou a entrar. Ficamos conversando durante a noite e acabamos dormindo no sofá. No dia seguinte, passeamos pelo parque – que ela adorava, aliás – e botamos as novidades em dia. ...

Jéssica – Parte 2

— Ela sente sua falta também. Surpreendi-me com o que ela disse. Como ela poderia saber?