V.i.d.a. – O (finado) Livro 1

Quem me conhece deve saber (ou não) que eu tentei fazer um livro em forma de blog (ou um blog em forma de livro). Deve ser também (ou não) que isso não deu certo. Considerando que não faz muita diferença quando eu posto algo lá ou deixo de postar, ninguém deve saber mesmo. Mas vou aproveitar para desabafar aqui.

Quando eu comecei a fazê-lo (no começo desse ano), minha principal intenção era treinar meus métodos de escrita para poder criar um livro de verdade. E eu quis fazê-lo em forma de blog por dois motivos:

  1. Poderia publicá-lo antes de terminar, já que eu postava aos poucos enquanto ainda escrevia.
  2. Receberia um feedback ainda enquanto escrevia, podendo melhorar meu método progressivamente.

Na minha mente a ideia era perfeita. Desenvolvia minhas habilidades de escritor com feedback em tempo real e, ao mesmo tempo, já começava a escrever um livro em paralelo. Em algum tempo teria não apenas um, mas dois livros prontos. Até aí nada havia de errado e botei meu plano em prática. Fiz até um aplicativo no Facebook com um contador regressivo até o post seguinte, mostrando o link para o blog.

Ledo engano, devo dizer. O primeiro motivo não tinha como me decepcionar, pois dependia apenas de mim mesmo. Mas já o segundo… logo percebi que não daria certo. De todas as pessoas que disseram que leriam o livro-blog, apenas uma deixou um único comentário. Até hoje (e eu chequei hoje mesmo). Apesar dos “likes” no Facebook, feedback mesmo eu não recebi.

Naturalmente, logo parei de postar. Na verdade, parei imediatamente, mas ainda haviam alguns agendados. Perdi mesmo a vontade de fazer aquilo para ninguém (manter um livro no ar para eu mesmo ler não fazia sentido). E, claro, perdi a vontade de continuar a escrever o tal livro que só servia para o blog. E, além disso, perdi a vontade de continuar o projeto paralelo. Foi tudo morro abaixo.

Felizmente, eu não desistiria de um sonho de infância tão fácil (escrever um livro é um dos meus sonhos de infância, pra quem não sabe). Então no mês passado eu decidi que terminaria o livro (não o do blog, mas o outro). Dei-me um prazo de dois anos: um para montar o roteiro e outro para escrever o livro propriamente dito. Parece muito tempo e talvez seja mesmo, porém a intenção é ter tempo o suficiente para concluir no prazo. E nada me impede de terminar antes. E nessas três semanas já adiantei bastante o roteiro.

Falam que deveríamos aprender com os erros e eu estou aqui blogando novamente. Só que agora é diferente. Todos os blogs que eu fiz foi para os outros enquanto que este é para mim. Meu lugar para falar o que quiser, sem me importar o que os outros vão pensar ou se vão gostar. Acredito que este seja o segredo da felicidade, por mais que você tenha pessoas para se importar, precisa de um espaço seu onde possa falar sem bloqueios (tá eu tenho bloqueios aqui, mas pelo menos ninguém me interrompe).

Se foi uma lição de vida ou um dinheiro mal gasto (com hospedagem e tal) eu não sei dizer. Mas posso dizer com certeza que não me arrependi.

One comment on “V.i.d.a. – O (finado) Livro

  1. Reply kirtaph sarob dez 7,2011 14:45

    Nice point of view man… i’m used to don’t belive myself some times, and, sometimes, just like you, but in other ways, i talk to myself… and belive or not, i found satisfaction and fell proud about that. I’m happy by your chose, and hope you can finish your dream. I’m with you my friend!

Deixe uma resposta