Mais um ano novo

Mais um ano novo. Depois de tantos, a emoção desse evento acaba por diminuir. Já não é tão importante assim e já nem dá vontade de fazer aquelas promessas que sabemos que não vamos cumprir. Enfim, é só mais um rotineiro evento e, como todos os outros, já perderam a mágica. Entretanto, esperar pelo futuro ...

Lá e de volta outra vez

Por motivo de certas inconveniências em minha vida pessoal, passei um tempo morando na casa da minha mãe. Que é coisa estranhíssima, aliás, voltar a morar com a mãe depois de passar, mesmo que pouco, tempo morando longe dela. E, por outra inconveniência, não havia internet na casa da minha mãe. Consequentemente, fiquei afastado da ...

Garotinha

Uma garotinha sentada num canto em posição fetal. O lugar é um quarto escuro, quatro paredes, um teto e um piso e nada mais. Não há janelas ou portas e, às vezes, é até difícil respirar. Não há sons ou cheiros; tudo é vazio. Só o que resta é a imensidão de um lugar apertado. ...

Dúvida

Ele olhou para ela. Pareceu que ela olhou de volta, parecia um olhar interessado. Ele se encabulou e voltou a ler seu livro. Leu uma frase; em seguida, leu a mesma frase novamente. Não conseguia se concentrar.

A importância da fé

Já deixei claro aqui no blog em um post anterior, que sou ateu. Muitos confundem o ateísmo com o niilismo (embora seja pequena, existe, sim, uma diferença), então talvez o termo “agnóstico” soe melhor nesse contexto. O agnosticismo, na verdade, é a conformação com o fato se que nunca saberemos se deuses existem ou não ...

Criando mundos 6

Criando mundos
Enquanto crianças, é normal imaginarmos a existência de um mundo diferente. Um lugar onde super-heróis e vilões existam, onde montemos em unicórnios e fadas e bruxas disputem seus poderes. Um lugar onde é possível voar e a única lei é se divertir. O mais natural é que compartilhemos nosso mundo de mentirinha com nossos amigos. ...

A Festa das Luas – Parte 1

Finalmente, pensou. Depois de quase um ano esperando, finalmente poderei reencontrá-la. Ele mal conseguira dormir na noite anterior, esperando o momento chegar. A Madjekimim Kiprah voltava a acontecer e esta era a primeira oportunidade que ele teria de rever Carolina desde a edição do ano passado – eles conversaram apenas por telefone e internet desde ...

Eu não sei criar histórias

Esse título parece ser estranho para alguém que, como eu, escreve contos. Mas recentemente notei que essa é uma verdade interessante. A partir do momento em que me dediquei mais a criação de histórias, pude perceber como elas passam de uma folha em branco para uma obra completa, com começo, meio e fim. Estudando meus ...

Sobre contar histórias

Em um dos primeiros posts nesse blog eu contei que estava escrevendo um livro. E prometi a mim mesmo que o terminaria, tal como me dei o prazo de conclusão para novembro do próximo ano – como já havia comentado. Naquela época acreditava que isso seria tempo até demais para concluir, mas agora tive milhões ...